IoT, Big Data e Segurança são alguns dos diversos pilares da indústria 4.0.

A indústria 4.0 possui diversos pilares, que se referem às tecnologias capazes de criar uma fábrica realmente inteligente e conectada, premissas essenciais da estratégia.

Eles fazem com que as máquinas se tornem autônomas a partir de sistemas de gestão inovadores e eficientes.

E tudo isso, é claro, tem um impacto direto na produção.

Assim, os processos ficam otimizados, corretos, rápidos e flexíveis, reduzindo custos, aumentando a produtividade e melhorando a qualidade dos produtos.

Nesse artigo, trataremos de 3 pilares: IoT, Big Data e Segurança.

Conheça-os!

 

Os pilares da indústria 4.0

A indústria 4.0 possui diversos pilares, que nada mais são do que as tecnologias capazes de transformar uma simples indústria em uma fábrica inteligente.

Entre eles estão a robótica, a manufatura aditiva, a realidade aumentada, a simulação, a computação em nuvem, os sistemas integrados, a IoT, o Big Data e a segurança.

A seguir você vai conhecer os 3 últimos!

 

1 – IoT

A IoT é a comunicação máquina a máquina (M2M) via Internet, permitindo que diferentes equipamentos industriais compartilhem dados e informações para a realização de tarefas relacionadas à produção.

Ela funciona a partir de sensores e dispositivos, que são justamente os itens que tornam essa comunicação possível.

Para isso, é preciso um sistema computacional que analise os dados recebidos e gerencie as ações das máquinas conectadas à rede.

 

2 – Big Data

Trata-se de um grande volume de dados das empresas, estruturados e não estruturados, que podem ser facilmente compreendidos, processados e analisados.

Com eles é possível, por exemplo, identificar situações específicas e assim tomar decisões mais assertivas.

Os aspectos do Big Data são definidos em 5 vs: volume, variedade, velocidade, veracidade e valor.

Vamos entender isso melhor?

Volume, variedade e velocidade se referem à enorme quantidade de dados não estruturados que precisam ser analisados a uma grande velocidade pelas soluções de Big Data.

Já a veracidade se trata tanto das fontes quanto da qualidade dos dados, que, obviamente, precisam ser confiáveis.

Por fim, o valor está relacionado aos benefícios que as soluções de Big Data podem proporcionar para a empresa.

 

3 – Segurança

A segurança (ou cibersegurança) é a proteção da fábrica, sistemas, programas e de toda a infraestrutura de rede contra ataques cibernéticos.

Assim, é possível proteger todos os dados da indústria e também o chão de fábrica dos indesejáveis hackers.

Entre as principais ações para essa proteção estão o bloqueio e o controle de acesso, o monitoramento dos serviços e do sistema, a correção de ameaças, a contingência de falhas, a auditoria das mudanças, a autenticação de usuários e equipamentos, a detecção de intrusos, a criptografia de dados, a assinatura digital, o isolamento de ativos, a varredura de vírus e a segurança perimetral da planta.

 

Hoje, você entendeu um pouco mais sobre 3 pilares da indústria 4.0: IoT, Big Data e Segurança.

Essas tecnologias são fundamentais para a implantação da fábrica inteligente e, claro, para garantir que ela funcione perfeitamente bem!