Big Data na indústria 4.0: Saiba mais sobre a importância desse tema!

Big Data é um conceito bastante presente na indústria 4.0 e com certeza tem feito muita diferença na realidade de diversas empresas.

Ligado à coleta e análise de um grande volume de dados, ele é capaz de colocar os fatores tecnológicos e humanos conectados por meio de dados, possibilitando assim uma completa sinergia e interação.

Tudo isso garante processos muito mais assertivos e eficientes e proporciona resultados bastante atrativos para as empresas.

E é justamente por conta da relevância do tema que fizemos esse texto.

Hoje você vai entender tudo sobre a Big Data e também sobre a importância do conceito para a indústria 4.0.

Confira!

 

Como funciona a Big Data na indústria 4.0?

A Big Data garante uma estrutura de tomada de decisões entregue sem intermediários e em tempo real, e possibilita ainda a realização de ações completamente autônomas.

Isso significa que não é mais necessária a interferência humana nas tarefas industriais.

Isso mesmo! Agora elas podem ser realizadas de maneira ainda mais assertiva e ágil.

Mas como isso funciona?

Falando de forma simples, todos os processos realizados na indústria 4.0 levam informações a esse grande sistema de análise de dados, e ele, por sua vez, garante a realização das tarefas dentro do melhor percurso do ecossistema produtivo.

Nos próximos tópicos você vai entender melhor o funcionamento da Big Data!

 

Mas afinal, quais são os benefícios da Big Data?

A Big Data está totalmente relacionada com a tomada de decisões em uma indústria, o que é muito interessante para o bom andamento do processo como um todo.

Considerando esse ponto, conheça alguns benefícios do conceito!

 

1 – Processo feito com menos funcionários

O próprio sistema tem a capacidade de tomar decisões.Dessa forma, as operações acabam sendo feitas com um melhor desempenho e a segurança da planta passa a ser muito maior.

Isso sem considerar a redução no consumo de energia, que proporciona uma boa economia para a empresa.

 

2 – Planejamento realizado de forma mais estratégica

Considerando que o sistema será virtualizado, ele próprio realimentará o processo em tempo real, incluindo a identificação de todos os indicadores, o que facilita muito na tomada de decisão.

 

3 – Atuação do sistema de forma preditiva

Isso significa que as manutenções, os riscos e os aproveitamentos atuarão no processo conforme o conceito de Mineração de Dados e Aprendizagem de Máquina, o Machine Learning, um método de análise de dados capaz de automatizar a construção de modelos analíticos dentro da indústria 4.0.

 

4 – Maior eficácia na tomada de decisão

As informações são analisadas de forma muito assertiva, o que garante um resultado com base nos cenários e no processo que envolve toda a cadeia produtiva.

Isso oferece um norte do contexto ao empresário e aos gestores da indústria, que terão muito mais embasamento para tomar a melhor decisão.

 

Quais são os serviços oferecidos pela Big Data?

A Big Data oferece diversos serviços dentro do processo de análise de dados.

Conheça-os agora!

 

Mineração de Dados (Data Mining)

Na Big Data, a mineração de dados faz uma análise inteligente de abstração de dados, garantindo que as informações desconhecidas ofereçam ao empreendedor ou gestor algumas probabilidades e cenários.

Mas como isso é feito?

A partir de ferramentas estatísticas presentes no banco de dados, que geram informações dinâmicas e oferecem uma alternativa inteligente de resultado.

Alguns exemplos de mineração de dados são identificação de rosto e probabilidade de decisões.

 

Aprendizado de Máquina (Machine Learning)

O Machine Learning se baseia em informações conhecidas ou em processos já definidos.

De forma geral, o sistema faz a aquisição e acumula dados, assim ele analisa o comportamento e entende o contexto dentro de uma curva de tempo. O intuito é entregar resultados de forma automática e repetida.

Em outras palavras, o sistema é programado e grava as informações de maneira a acumular aprendizado. Depois, ele analisa o comportamento e cria resultados.

É como se a expertise de um humano fosse transferida para o sistema, que aprende o processo e o melhora ainda mais para a tomada de decisão.

Quer alguns exemplos? Controle automático de produção e carros autônomos.

 

Viu como a Big Data é essencial no contexto da indústria 4.0?

Pode ter certeza de que ela pode fazer grande diferença no seu processo!